APP Pessoa Física ganha nova versão

Gabryella Fernandes

Gabryella Fernandes Publicado 21/06/2016 


Funcionalidade permite emissão de Comprovante de inscrição no CPF.


A Receita Federal liberou, em junho deste ano, a nova versão do APP Pessoa Física, isto é, de umaplicativo disponível nos sistemas Android e IOS.



Por meio da ferramenta, há possibilidade de emissão do Comprovante de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

  

Nesse sentido, estima-se que aproximadamente 155 milhões de pessoas sejam beneficiadas. Entre as comodidades, três delas se destacam, tais como:

 

  • Possibilidade de compartilhamento do comprovante por meio ferramentas como WhatsApp, Facebook, Telegram, e-mail, entre outros;

  • Comprovante salvo automaticamente nos arquivos do celular após sua geração;

  • Em caso de extravio do comprovante salvo, há possibilidade de novas emissões, em número ilimitado, por meio da funcionalidade.

 

 

Quem pode utilizar o serviço?

De acordo com o órgão do Ministério da Fazenda, quaisquer pessoas podem emitir o Comprovante de inscrição junto ao APP Pessoa Física, ressalvados os seguintes casos, quais sejam:

 

  • Contribuinte que apresentou Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (DIRPF) em um dos dois últimos exercícios. Nessa situação, o comprovante deve ser emitido por meio do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), constante da página da Receita Federal na internet;

  • Pessoa física com ano de óbito constante no CPF; e

  • Pessoa física com nº de inscrição no CPF em situação cadastral suspensa, cancelada ou nula.

 

  

Veracidade e demais possibilidades

A Receita Federal salienta que a autenticidade do comprovante deve ser verificada por intermédio da opção “Confirmação da Autenticidade do Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral no CPF”, a qual se encontra acessível no site do órgão do Ministério da Fazenda.

  

Além disso, o APP Pessoa Física enseja aos contribuintes o recebimento de alertas acerca do processamento da declaração de Imposto de Renda Pessoa Física e de comunicado sobre a liberação do pagamento da sua restituição do imposto.


Fonte: Netspeed

 

Voltar ao topo